Google deve encerrar operações na China em breve


As conversas com a China a respeito da censura chegaram a um aparente impasse e o Google diz ter "99,9%" de certeza de que vai encerrar suas operações no país, disse o Financial Times neste sábado (13).

O jornal citou uma pessoa familiarizada com o pensamento da empresa, segundo a qual, embora uma decisão possa ser tomada em breve, o Google deve esperar algum tempo para levar seus planos adiante.

Isso seria o ideal para concretizar um fechamento apropriado, enquanto a empresa toma medidas para proteger seus empregados locais de retaliações das autoridades, informa o diário.

A China alertou o Google na sexta-feira contra o desrespeito às leis do país, e aumentam as expectativas de uma resolução para uma disputa pública sobre a censura e a segurança na rede.

O Google chocou os círculos empresariais e políticos em janeiro, quando ameaçou se retirar da China se não puder oferecer um mecanismo de busca local sem filtros. A ameaça surgiu após ataques cibernéticos originários da China contra o site e cerca de 30 outras empresas.

O ministro chinês da Indústria e Tecnologia da Informação, Li Yizhong, disse a repórteres na sexta-feira que as leis chinesas devem ser respeitadas ao responder uma pergunta sobre o que a China fará se o Google simplesmente parar de filtrar os resultados das buscas.

- Se não respeitar as leis chinesas, você está sendo hostil e irresponsável, e sofrerá as consequências.

A resposta veio depois de o executivo-chefe do Google, Eric Schmidt, ter dito na quarta-feira que espera anunciar em breve o resultado das conversas com autoridades chinesas sobre um mecanismo de busca sem censura na China.
Postar um comentário

Postagens mais visitadas