Homeopatia + Fitoterapia => Inhame é usado como agente na prevenção e tratamento da dengue

Repassando a dica, que meu amigo Márcio me passou por email e acrescentando algumas coisas que o meu outro amigo google falou:

Eu já conhecia o inhame para limpeza do sangue em caso de espinhas, furúnculos, coceiras e vários tipos de enfermidades cutâneas. O que eu não sabia era que o inhame também pode se usado para prevenção e tratamento da dengue.

Minha intenção em divulgar essa importante dica, não é para que todos saiam as loja atrás do inhame, mais que p
lantem em um pouquinho de terra e que proteja a sua familia de vários males.

O agrônomo Élson Soares dos Santos é um dos maiores especialistas em inhame do país, tem até livro publicado sobre o assunto e fala sobre o cultivo. “O inhame pode ser cultivado em qualquer parte do Brasil.

Cozido em água, está presente nas mesas nordestinas desde o café da manhã até p jantar. É um alimento rico em vitaminas do complexo B, em minerais e é uma boa fonte de carboidratos.


  • O TRATAMENTO NATURAL é comer inhame. Comer inhame em vez de batata,duas ou três vezes por semana, previne contra dengue. Em situações de
    epidemia, comer um inhame por dia é mais que bastante - em sopa,
purê, ensopadinho, pastinha com alho ou qualquer das outras receitas que
você encontra no link de referência no final desse texto.

Homeopatia:
Mesmo já estando com dengue, comer inhame - ou tomar o elixir de inhame, vendido em
qualquer farmácia (!!!) - costuma acelerar muito a recuperação. Também é
importante usar o inhame depois da dengue, para eliminar os resíduos
do sangue que tornam mais dramática a recaída.

  • O INHAME LIMPA O SANGUE
Fitoterapia:
É um dos alimentos medicinais mais eficientes que se conhece: faz
muitas impurezas do sangue saírem através da pele, dos rins, dos
intestinos. No começo do século já se usava elixir de inhame para
tratar sífilis.
  • FORTALECE O SISTEMA IMUNOLÓGICO
Os médicos orientais recomendam comer inhame para fortificar os
gânglios linfáticos, que são os postos avançados de defesa do
sistema imunológico. Curioso que a forma do inhame seja tão semelhante à dos
gânglios...
  • EVITA MALÁRIA, DENGUE, FEBRE AMARELA
A presença do inhame no sangue permite uma reação imediata à
invasão do mosquito, neutralizando o agente causador da doença antes que ele
se espalhe pelo corpo. Aldeias inteiras morreram de malária depois
que as roças de inhame foram substituídas por outros plantios.
  • É MAIS PODEROSO QUE A BATATA
E tem a vantagem de ser nativo, enquanto a semente da batata é
importada. Inhame dá com fartura em qualquer lugar úmido. Em vez de
apodrecer na cesta, como a batata, ele brota e produz mais inhames.
Nas mulheres aumenta a fertilidade porque contém fitoestrógenos,
hormônios vegetais, importantes na menopausa e após.
  • MEDICINAL É O PEQUENO, CABELUDO
Marronzinho por fora, com a pele variando de roxo a branco. Existem
ainda o inhame do norte e o cará, maiores e mais lisos, que são muito
bons para comer mas não têm o mesmo poder curativo do inhaminho
(também chamado de inhame chinês).
  • A FOLHA PARECE COM A TAIOBA
É da mesma família; ao contrário do que se pensa, a folha do inhame
também serve para comer, cozida ou refogada. Às vezes pica muito,
como a taioba.

OS OUTROS NOMES DO INHAME
Em latim, infelizmente, é colocasia esculenta. Na África e na América
do Norte se chama taro , na América Central é ñame ou otoe, na
França é igname, na Índia albi, no Japão sato-imo, no Caribe malanga ou
yautia. E cará, em inglês, é yam .

É bom para:

  1. - Pessoas
    com alto gasto energético, porque é um alimento calórico, com a
    vantagem de ser de digestão fácil e rápida.
  2. - Macio, é indicado a bebês, idosos e convalescentes.

Não é bom para:

  1. - Quem faz regime – deve consumir pouco, pois é rico em carboidratos e calórico.
  2. - Pessoas com obstipação intestinal precisam combiná-lo com salada de folhas (tem pouca fibra).

    É encontrado nos mercados municipais, feiras livres e supermercados. Pesa em geral entre 300 e 500g, mas pode ser encontrado nas ''Casas do Norte'' em tamanhos grandes (mas de 2 quilos). A coloração tem de ser marrom uniforme. É oblongo e possui filamentos dispersos na superfície. Deve estar bem firme e sem danos na casca – talhos na superfície podem expor a polpa úmida, alojar fungos e favorecer o apodrecimento precoce. Evite também se estiver com as extremidades ocas ou amolecidas. Conserva-se por longo tempo à temperatura ambiente em local seco e arejado, protegido da luz.

Receitinhas de inhame: http://www.correcotia.com/inhame/

Fontes: Correcotia, Herbario e Globo_Rural_tv

Como plantar Inhame:
Veja através do link
Foto do Inhame de: http://pt.wikipedia.org/wiki/Inhame







Anúncio provido pelo BuscaPé



Postar um comentário

Postagens mais visitadas