Plantas Medicinais contra a dor

Camomila


Alivia dores estomacais e intestinais, gastrites, reumatismo, ciáticas, musculares e na coluna.

Misture 1 colher de sopa de flores a 1 xícara de café de óleo de cozinha. Leve ao fogo em banho-maria por 3 horas. Adicione 1 pedra de cânfora. Coe num tecido fino e esprema. Aplique com um pano na região que dói.

Uma entre 20 pessoas tem alergia ao contato da erva com a pele. O excesso pode causar enjôos e vômitos.
Erva-cidreira
Para dores de cabeça e cólicas intestinais.

Ferva 1 colher de sobremesa de folhas e ramos frescos com 1 xícara de água. Abafe e coe. Tome uma xícara de manhã e outra à noite.
Erva-doce
Para amainar cólicas, gastrite e enxaqueca.

Coloque 3 colheres de sopa da semente em 1 garrafa de vinho branco. Deixe descansar por dez dias e coe. Tome um cálice antes das principais refeições.

Não tem contra-indicações desde que seja nas doses indicadas. Em altas doses, o óleo essencial dessa erva pode provocar efeitos tóxicos.
Malva
Ajuda a curar aftas, gengivite e dor de garganta.

Prepare uma infusão com 5 g da erva fresca em 100 ml de água. Faça gargarejo com o líquido para curar as feridas bucais e tome o chá para dor de garganta.

Evite o uso durante a gravidez e por períodos prolongados.
Milefólio
Alivia dores reumáticas, cólicas renais e menstruais.

Em uma panela com água fervente, ponha uma peneira (que não deve tocar a água). Sobre ela, coloque um pano e 3 colheres de flores. Abafe até amornar. Deixe o pano com as flores na parte dolorida por 15 minutos.

Doses altas causam dor de cabeça e vertigem. Tome cuidado ao usar a planta fresca. Seu suco, com o sol, pode provocar manchas na pele.
Siga corretamente as instruções
Como qualquer remédio, as plantas medicinais têm efeitos colaterais e chegam a fazer mal se usadas de modo incorreto. Por isso, siga corretamente as indicações.
2 comentários

Postagens mais visitadas